Fundos de investimento imobiliário: como deve ser a declaração?

Está com dúvidas a respeito dos fundos de investimento imobiliário? Neste post, você vai descobrir como deve ser feita a declaração desses fundos e compreender um pouco mais sobre os procedimentos da área contábil. Vai descobrir, ainda, como funciona essa declaração, quais são os rendimentos isentos e quais são as rendas tributáveis.

Confira, aqui, os rendimentos isentos em fundos imobiliários, como eles funcionam com a valorização das cotas e como você deve declarar os fundos imobiliários no imposto. No entanto, fique atento, pois contar com profissionais qualificados ou com um escritório de contabilidade na hora de fazer as suas declarações são ações que podem evitar futuros transtornos com a fiscalização.

Quer saber mais? Acompanhe a leitura!

Quais são os rendimentos isentos em fundos imobiliários?

Quando os rendimentos são considerados isentos, você não precisa se preocupar em fazer o pagamento em dinheiro. Os benefícios são previstos em Lei, de modo que não são incluídos no Imposto de Renda (IR). Veja a seguir alguns exemplos de investimentos que são isentos:

  • aluguel de imóveis;
  • venda de casas;
  • negociações envolvendo propriedades.

Porém, não se esqueça de que esses rendimentos, apesar de isentos, devem ser declarados na ficha dos rendimentos isentos e não tributáveis, a qual faz parte da declaração anual do IR. A Receita Federal verifica essas declarações, que devem estar preenchidas corretamente para evitar a aplicação de multas.

Quais são os rendimentos de investimentos imobiliários tributáveis?

Os rendimentos tributáveis são aqueles oriundos da valorização das cotas do Fundo de Investimentos Imobiliários (FII). Assim, as rendas periódicas que você recebe não são tributadas. Contudo, se você vender cotas, vai pagar o imposto do valor recebido.

Como funcionam os rendimentos com valorização de cotas?

Se você tem fundos de investimento imobiliário e pretende fazer negociações com as suas cotas, saiba que sobre o lucro líquido das vendas incide tributação no percentual de 20%. Entenda que é diferente das operações day trade ou operações com ações, já que não há diferenciação, limites de valores e tampouco isenção.

O pagamento dos impostos oriundos das negociações com cotas deve ser mensal, com a guia DARF e com prazo até o último dia do mês subsequente. Entretanto, é possível pedir o abatimento de impostos devidos se você sofrer prejuízos com esses fundos. As amortizações representam uma redução do seu saldo financeiro investido e não pago.

Por isso, você precisa fazer os cálculos de forma correta, para apurar os lucros e prejuízos de cada período. O governo oferece incentivos para que as pessoas físicas participem dos investimentos de fundos imobiliários, como isenções fiscais sobre alguns rendimentos. Esse mercado está em pleno crescimento, de modo que é importante entender sobre o assunto.

Como declarar fundos de investimento imobiliário no imposto?

Para declarar os fundos de investimento imobiliário no seu IR 2020, você precisa analisar o informe dos rendimentos que recebeu dos Correios. Se ainda não recebeu, acesse o site do administrador do seu fundo e entre em contato com ele para solicitar o seu documento. Depois de ter acesso às informações, lance os seus rendimentos na ficha usando o código 26.

Informe o CNPJ do administrador do fundo, as negociações efetivadas e as demais informações. Selecione a opção Operações de Fundos de Investimento Imobiliário e preencha a ficha Renda Variável, informando os lucros ou prejuízos obtidos com a venda. A isenção é válida somente para os fundos que são pagos todos os meses.

Após essas duas etapas, faça a declaração do saldo do seu fundo na ficha Bens e Direitos. Informe o nome do fundo, o CNPJ, a corretora e descreva os valores recebidos do administrador do FII. Antes de fazer o envio, faça uma revisão das suas informações e conclua o procedimento!

Qual é a importância de contar com profissionais especializados?

Você tem a opção de contar com um escritório de contabilidade que está preparado para atender à sua demanda. Os valores cobrados por uma assessoria especializada são irrisórios quando comparados com os benefícios proporcionados. Os contadores são profissionais que estudam diariamente para oferecer excelência no atendimento aos seus clientes.

Conte com o auxílio desses profissionais especialistas. Assim, você evita qualquer possibilidade de erros nas suas declarações, sendo que eles são os responsáveis pelas informações prestadas ao Fisco. Portanto, não haverá qualquer possibilidade de aplicação de multa, pois você jamais cairá na malha fina por causa dos seus fundos de investimento imobiliário.

Precisa obter mais informações sobre fundos de investimento imobiliário? Entre em contato conosco agora mesmo!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.