Empreendedorismo no Brasil: entenda como está o cenário atual

Mais de 75% dos brasileiros jovens possuem o sonho de ter seu próprio negócio, é o que aponta um levantamento feito pela FIRJAN (Federação das Indústrias do Rio de Janeiro). Seja por almejar maiores ganhos, por não lidar bem com hierarquias etc., o fato é que o empreendedorismo no Brasil se trata de um objetivo, principalmente entre pessoas que têm de 25 a 35 anos.

Em tempos de recessão econômica, a necessidade financeira acaba levando várias pessoas a montar uma empresa sem pensarem duas vezes. Por outro lado, muitos brasileiros ficam com medo ou não possuem informação suficiente para a realização desse sonho.

Além disso, entender como anda o cenário do empreendedorismo no Brasil pode ajudar os que ainda não se decidiram. Portanto, continue a leitura deste post e veja informações úteis sobre a situação desse cenário na atualidade.

Como anda o empreendedorismo no Brasil em relação ao mundo?

Segundo o último relatório feito pela GEM (Global Entrepreneuship Monitor) em 2016, o Brasil surpreende quando o assunto é empreender: nosso país se encontrou, nos últimos anos, entre aqueles com a maior taxa de empreendedorismo do mundo.

Esse relatório é feito todos os anos com o propósito de avaliar o perfil do empreendedorismo nos países ao redor do mundo e leva em consideração a população economicamente ativa. Para se ter uma ideia, nos últimos levantamentos largamos na frente de países como México, China, Argentina, Rússia, Índia e África do Sul. Além disso, o estudo constatou que nos últimos 10 anos a taxa de empreendedorismo no Brasil deu um salto, sendo que 34 a cada 100 brasileiros abriram seu próprio negócio.

O que as startups têm a ver com o empreendedorismo no Brasil?

Ainda segundo o relatório da GEM, nos países economicamente mais avançados o empreendedorismo acontece impulsionado por inovação e tecnologia. Austrália, Estados Unidos e Canadá, por exemplo, têm maior renda per capita e índice de desenvolvimento do que nosso país.

Mas algo quem vem ajudando o Brasil a pular etapas — já que se encontra em desenvolvimento — são as startups (empresas emergentes que têm foco em inovação). De acordo com o site Startup Ranking, o Brasil atualmente é oitavo país com maior número de empresas desse tipo: quase 900 startups.

Empreender é uma necessidade ou uma oportunidade?

Com a crise econômica assolando o país, a taxa do desemprego é um agravante que vem por consequência. Mas nem todas as pessoas conseguem parar e esperar as coisas melhorarem para ter seus empregos de volta. Assim, muitos se vêm na necessidade de empreender para terem de onde tirar o sustento.

Em contrapartida, outros 66% dos jovens — que participaram do mesmo estudo promovido pela FIRJAM — empreendem não por necessidade, mas por verem a oportunidade de um mercado promissor mesmo em meio à crise.

Vale ou não vale a pena empreender no Brasil?

A burocracia é uma das desvantagens que podem desencorajar aqueles que pretendem empreender em nosso país. A falta de acesso ao crédito é outro fator que muitas vezes pode levar os novos negócios a não saírem do lugar. Mesmo com a criação do programa nacional Super Simples para simplificar o pedido de crédito feito pelos empreendedores, esse campo ainda é complicado.

No entanto, existem outros fatores que viabilizam o trabalho dos empreendedores no Brasil. São eles:

  • melhor qualidade dos serviços de telecomunicações e Internet;
  • acesso a sistemas de gestão;
  • criação do Fundo de Coinvestimento Anjo (incentivos à criação de negócios);
  • Programa Empreender Mais Simples (do Banco do Brasil com apoio do Sebrae), entre outros programas de pesquisa, desenvolvimento e inovação.

Como você pôde ver, o cenário de empreendedorismo no Brasil cresce e tem o apoio das startups. E apesar da burocracia e da falta de acesso ao crédito, muitos programas vêm sendo criados para ajudar aqueles que possuem o sonho de empreender.

Gostou deste artigo? Agora que você já sabe como anda o cenário mercadológico nacional, saiba quais são os primeiros passos para abrir uma empresa.

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.